Assistente de gestão do Projeto Face to Face

Empresa: Amnistia Internacional Portugal
Tipo de trabalho: Contrato
Indústria: Formação

Descrição de Funções

O/a Assistente do projeto “Face to Face” (F2F) integra o Departamento de Angariação de Fundos, tendo a seu cargo a assistência à coordenação geral deste projeto de angariação de fundos, através da angariação de novos apoiantes e membros da AI – Portugal.

Tem como funções apoiar na gestão das equipas do projeto F2F, designadamente traçando orientações e trabalhando a motivação dessas equipas, definindo os melhores caminhos para se atingir a excelência no trabalho no âmbito do projeto a que dá assistência e que caracteriza a Amnistia Internacional.

No departamento de Angariação de Fundos articular-se-á com o/a coordenador/a de projetos de Diálogo Direto e com o/a diretor/a deste departamento. Trabalhará em equipa e estreita colaboração com restantes elementos deste departamento. Articular-se-á ainda com os restantes departamentos e com o/a Diretor/a Executivo/a nos âmbitos das funções e tarefas destes.

Localização e condições

Localização: Sede da Amnistia Internacional Portugal, na Rua dos Remolares, em Lisboa.

Duração: 5 meses, com possibilidade de renovação.

Condições:

  • Horário a tempo inteiro – 6h/dia, 30 horas semanais.
  • Salário mensal compatível com a função de assistente a tempo parcial (811,81€);
  • Subsídio de refeição (7,23€);
  • Subsídio de transporte (até 80€/mês);
  • Integração numa organização com uma política de recursos humanos com forte aposta no
    desenvolvimento pessoal e profissional.
  • [Todos os benefícios previstos no código do trabalho português].

 

Principais Responsabilidades

Em conformidade com o trabalho e estratégia do Departamento de Angariação de Fundos, terá como principais responsabilidades:

·       Apoiar a Coordenação no planeamento de aspetos logísticos relacionados com o projeto “Face to Face”.

·       Estabelecer a ligação entre a equipa e a coordenação.

·       Participar no recrutamento, seleção e formação das equipas: recrutadores e chefes de
equipa.

·       Capacitar a equipa de recrutadores para o desenvolvimento de competências e desempenho.

·       Acompanhar de forma constante das equipas na rua e, sempre que necessário, abordar pessoas em espaços públicos, com o objetivo de divulgar o trabalho da Amnistia Internacional (AI) e angariar novos membros e apoiantes, de acordo com a visão e missão da Amnistia Internacional e o Manual de Recrutador.

·       Manter as equipas atualizadas sobre campanhas e ações da AI.

·       Apoiar diretamente os team leaders, na gestão da equipa e dos materiais.

·       Lembrar os objetivos e estabelecer metas diárias, semanais e mensais.

·       Planear ações de Teambuilding, motivação e coesão das equipas.

·       Cooperar e desenvolver um ambiente profissional entre as equipas, gerindo conflitos e disputas entre equipas, chefes de equipa e recrutadores.

·       Fazer a avaliação regular e no final do projeto.

·       Realizar viagens para acompanhamento das equipas, deslocando-se a outras regiões de Portugal, de acordo com a estratégia definida dentro do projeto, para reuniões e formações com os recrutadores, para criar/ iniciar novas equipas e dar acompanhamento às mesmas ao longo do período em que as mesmas estão a desempenhar funções.

Perfil e Requisitos Considerados

Os/as candidatos/as deverão reunir, cumulativamente, conhecimentos e experiência nas seguintes áreas: 

  • Forte sentido de compromisso e dedicação.
  • Elevado nível de responsabilidade.
  • Competências em liderança, perfil de liderança motivacional e resiliência.
  • Capacidade para trabalhar de forma autónoma e sob stress.
  • Forte sentido e capacidade de trabalho em equipa.
  • Excelente competência em comunicação oral e escrita em português.
  • Conhecimento e capacidade para abordar direta e adequadamente pessoas em locais públicos.
  • Concordância e compromisso com os valores e a visão da Amnistia Internacional.
  • Capacidade e experiência em gestão de equipas.
  • Capacidade de gerir várias equipas em simultâneo.
  • Domínio de técnicas de formação.
  • Elevado nível de inteligência emocional.
  • Excelentes capacidades de comunicação, empatia e capacidade de trabalho interpessoal.
  • Conhecimento e experiência em processos de tomada de decisão e gestão de conflitos.
  • Disponibilidade para realizar deslocações e estadias em Portugal.
  • Flexibilidade horária, de acordo com a necessidade de realizar viagens para acompanhamento das equipas, e/ou procedimentos inerentes ao projeto, como reuniões e formações com os recrutadores.
  • Assiduidade e pontualidade.

 

Como candidatar-se:

CONCURSO EXTERNO: Envio de CV + Formulário de Candidatura devidamente preenchido para [...] até às 23h59 do dia 11 de outubro de 2020.

As candidaturas que não incluam o formulário preenchido, não serão consideradas válidas.

Todos os/as candidatos/as serão informados sobre os resultados de pré-seleção. Os/as candidatos/as selecionados/as para a fase seguinte serão informados sobre os procedimentos seguintes e data para entrevista.

Aplique para este trabalho